.posts recentes

. ...

. Um dia importante

. Mais um mês contigo

. Aos Amigos

. Para ti amor.....

. A ti ...Mãe

. Amo-te hoje e sempre

. A ti ....

. ...

. ...Serei, serás, seremos....

.arquivos

. Setembro 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

Segunda-feira, 20 de Fevereiro de 2006

A Partida

ecrire.jpg


 As palavras não chegam.
Busca-se num sorriso o disfarce
Os olhos vermelhos lacrimejam.
À emoção implacavél ao descarte.


E o olhar lânguido de poeta,
Sensível ao fato,observa a tudo
Chora a dor da saudade feito pateta

Através das letras sem ficar mudo.

 

Palavras ternas revelam a ferida
Versos tristes , traço singelo.
Revelam o instante da despedida.

Caindo assim  todo um castelo.

 

Deixa-se silabas pelo caminho

Adeus, tchau, até breve!!!

E o coração do poeta em desalinho

Apenas cala e não mais escreve.

 

Gandalf

publicado por lenamar31 às 08:35

link do post | comentar | favorito

4 comentários:
De Anónimo a 20 de Fevereiro de 2006 às 12:00
Olá!
Boa e brilhante alma de poeta...
Passei por aqui para avisar que as votações no Meu Cantinho começaram! Boa Semana e Boa Sorte! Ruben[A]Mar
(http://vidasemti.blogs.sapo.pt)
(mailto:ruben.andrade@netmadeira.com)


De Anónimo a 20 de Fevereiro de 2006 às 12:00
Olá!
Boa e brilhante alma de poeta...
Passei por aqui para avisar que as votações no Meu Cantinho começaram! Boa Semana e Boa Sorte! Ruben[A]Mar
(http://vidasemti.blogs.sapo.pt)
(mailto:ruben.andrade@netmadeira.com)


De Anónimo a 20 de Fevereiro de 2006 às 10:33
Como cheguei até aqui
Não sei, não lembro
Só sei que caminhando vim
Caminhando pelas incertezas da vida
Vivendo um dia a cada instante
Um instante a cada dia...

Em algum lugar do passado me perdi
Em meio a muitos amores
Paixões, encanto e ternura
Mas o rosto de minha amada
Ainda não esqueci...

Por muitos lugares andei
Vivendo outras paixões
Mas de nada adiantou
Dormindo em outros abraços
Procurando em outros braços
A paz que perdi..

Não encontro em lugar algum
Sempre tudo me parece tão comum
Acho que não tenho mais forças
Aqui vou quedar e dormir
Sonhar com tudo que tive
E esquecer tudo o que perdi...

Longe de tudo
De todos, no meio deste deserto
Sem flores ou alegria, cansado e
A ela buscando
Mas é apenas uma miragem
Um sonho
Apenas um sonho
De amor...

by Dibruck
sofia
(http://loucuradeumamulher.blogs.sapo.pt)
(mailto:sofia_c_r@hotmail.com)


De Anónimo a 20 de Fevereiro de 2006 às 09:08
E o coração do poeta em desalinho


Apenas cala e não mais escreve................ fiquei sem palavras assim como o poeta...adorei.Ana Luar
(http://aromademulher.blogs.sapo.pt/)
(mailto:luar_zita@msn.com)


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
24
25
26
27

28
29
30


.Fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds