.posts recentes

. ...

. Um dia importante

. Mais um mês contigo

. Aos Amigos

. Para ti amor.....

. A ti ...Mãe

. Amo-te hoje e sempre

. A ti ....

. ...

. ...Serei, serás, seremos....

.arquivos

. Setembro 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

Domingo, 2 de Outubro de 2005

Saudades tuas ...

so.bmp



 


Custa estar sem ti Custa, dói, destabiliza, desconcentra Alimenta Ainda, mais, esta saudade De não ter a liberdade De te beijar mais uma vez Só a insanidade De te lembrar mais uma vez. As vezes que te lembro E que faço por não te esquecer Como se disso dependesse viver. Não! Não depende Nem se entende Tamanha nostalgia Alastrada Que me deixa Prostrada Que me enche vazia. Consumo-me sem te ter Consomes-me sem saber E esta fome devora-me Sem eu querer. Ou até eu querer Hoje não quero mais Custa estar sem ti Custa, dói, destabiliza, desconcentra Estar sem mim!


publicado por lenamar31 às 13:37

link do post | comentar | favorito

4 comentários:
De Anónimo a 2 de Outubro de 2005 às 17:27
...sei a que te referes e é lindo este texto! Continua! AbraçoMaria Papoila
(http://apapoila.blogs.sapo.pt)
(mailto:msantosilva@sapo.pt)


De Anónimo a 2 de Outubro de 2005 às 17:24
Sê bem vinda ;-), e com textos tão bonitos como este que escreveste, jinhosPerfect Woman
(http://perfectwoman.blogs.sapo.pt/)
(mailto:perfect_woman63@sapo.pt)


De Anónimo a 2 de Outubro de 2005 às 17:23
Oi lena!!!
O teu texto leva me a pensar em alturas más em k nops sentimos sozinhos, e podes estar a passar por isso...Dói sim, doi sempre, custa sim, custa sempre...
Mas há k pensar em nós tmb um pouco!!
Abraço pra tiRita
(http://www.fragilidadesnovazio.blogs.sapo.pt)
(mailto:alexandra_26@sapo.pt)


De Anónimo a 2 de Outubro de 2005 às 13:59
O teu texto revela tristeza e dor. Não há nada que o tempo nao amenize. força. Luana
(http://coisapouca.blogs.sapo.pt)
(mailto:luanaduarte_112@hotmail.com)


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
24
25
26
27

28
29
30


.Fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds