.posts recentes

. ...

. Um dia importante

. Mais um mês contigo

. Aos Amigos

. Para ti amor.....

. A ti ...Mãe

. Amo-te hoje e sempre

. A ti ....

. ...

. ...Serei, serás, seremos....

.arquivos

. Setembro 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

Segunda-feira, 29 de Maio de 2006

Morreste

És a escuridão vestida de branco

O negro tapado de luz fingida

Desconhecida e por ti merecida

Foste o gume cortante, lascivamente enganador

Que veio num instante e depressa morreu.

Silenciaste, paráste de mentir, de fingir e de não ser

Nem querer ser, ou crescer.....talvez aprender

Silenciaste, negaste...vezes sem conta, negaste.

Morreste.

Chorei lágrimas de dor, de desespero num apelo de amor

Num apelo de calor , com temor de ti, do que fingias nao ser

És a escuridão, que veio mascarada de sorrisos e afectos maliciosos,

Gananciosos e destinados a falecer nos meus braços.

Não tens sol no teu coração, não tens luz na tua mente

És fraco, amargo, mal amado, descuidado, renegado e mentiroso

E depois de inúmeras vezes te perdoar em silêncio, foste por mim, cruxificado,

 Morreste na tua mentira

E eu vivo na minha verdade

Como pude eu amar alguém assim?

 

sinto-me:

publicado por lenamar31 às 23:14

link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito

Encontro com o meu EU

Depois das adversidades que ultimamente passei e que fizeram sentir-me perdida e não sei mais o que , finalmente encontrei o meu caminho, e então comecei hoje esta nova etapa da minha vida com um curso de Raja Yoga, fui á 1ª aula e adorei , é mesmo com isto que me identifico é este o meu caminho,e como nada é por acaso há males que veêm por bem....

A meditação Raja Yoga é muito simples e pode ser praticada por qualquer pessoa, não sendo necessária qualquer postura física específica ou o recitar de mantras.
Baseia-se, principalmente, no conhecimento profundo de dois aspectos essenciais: quem somos, por detrás de todas as máscaras e rótulos que utilizamos no nosso dia a dia, e o método de obtermos energia através do Yoga ou ligação com a Fonte Suprema de paz.
A mudança dos nossos padrões de pensamento não acontecem do dia para a noite, é necessário permanecermos determinados, dando ao mesmo tempo à nossa mente o «alimento» correcto dos pensamentos elevados e positivos.

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, a meditação não tem por objectivo deixar que o indivíduo entre num estado de passividade completa, mas sim, que se torne num verdadeiro mestre da sua mente e pensamentos.
É através da meditação que alcançamos o estado de Yoga (União, ligação) que nos torna mestres, reis (Raja) da nossa mente.

Para além disto, aumenta a nossa intuição e valorização interna; desta forma tornamo-nos mais atentos a tudo o que se passa à nossa volta.
Para aqueles que meditam, todas as situações, boas ou más, podem tornar-se num aprendizado e numa forma de alcançar um progresso ainda maior. Há uma mensagem em tudo e em todos os que nos rodeiam.

E o sitio onde ando neste curso :

 www.brahma-kumaris.net

OM SHANTI....Fiquem na luz e com a luz

 

sinto-me:

publicado por lenamar31 às 22:47

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Quarta-feira, 24 de Maio de 2006

Eu não consigo viver sem ti !


Noites sem saber de ti
madrugadas sem luar
no mar do meu pensamento
procuro sem encontrar
algo de bom que vivi
que me faça recordar
o som do teu pensamento
o brilho do teu olhar
Procuro até nos meus sonhos
percorrendo o areal
do deserto do meu peito
nada te faz encontrar
nem este desejo ardente
de tanto tanto te amar
e choro.. fico sem jeito
sem jeito até de pensar
sinto falta dos teus braços
do teu corpo junto ao meu
saudade dos teus abraços
que entre beijos e cansaços
me faziam ser mais eu
não sei se tu me esqueceste
não sei se até te perdi
mas por tudo o que me deste
eu não sei viver sem ti!

sinto-me:

publicado por lenamar31 às 10:45

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Terça-feira, 23 de Maio de 2006

REVERÊNCIA AO DESTINO...

Falar é completamente fácil, quando se tem palavras em mente que expressem sua opinião.
Difícil é expressar por gestos e atitudes o que realmente queremos dizer, o quanto queremos dizer, antes que a pessoa se vá.
Fácil é julgar pessoas que estão sendo expostas pelas circunstâncias.
Difícil é encontrar e refletir sobre os seus erros, ou tentar fazer diferente algo que já fez muito errado.
Fácil é ser colega, fazer companhia a alguém, dizer o que ele deseja ouvir.
Difícil é ser amigo para todas as horas e dizer sempre a verdade quando for preciso. E com confiança no que diz.
Fácil é analisar a situação alheia e poder aconselhar sobre esta situação.
Difícil é vivenciar esta situação e saber o que fazer. Ou ter coragem pra fazer.
Fácil é demonstrar raiva e impaciência quando algo o deixa irritado.
Difícil é expressar o seu amor a alguém que realmente te conhece, te respeita e te entende. E é assim que perdemos pessoas especiais.
Fácil é mentir aos quatro ventos o que tentamos camuflar.
Difícil é mentir para o nosso coração.
Fácil é ver o que queremos enxergar.
Difícil é saber que nos iludimos com o que achávamos ter visto.
Admitir que nos deixamos levar, mais uma vez, isso é difícil.
Fácil é dizer "oi" ou "como vai?"
Difícil é dizer "adeus". Principalmente quando somos culpados pela partida de alguém de nossas vidas...
Fácil é abraçar, apertar as mãos, beijar de olhos fechados.
Difícil é sentir a energia que é transmitida. Aquela que toma conta do corpo como uma corrente elétrica quando tocamos a pessoa certa.
Fácil é querer ser amado.
Difícil é amar completamente só. Amar de verdade, sem ter medo de viver, sem ter medo do depois. Amar e se entregar. E aprender a dar valor somente a quem te ama.
Fácil é ouvir a música que toca.
Difícil é ouvir a sua consciência. Acenando o tempo todo, mostrando nossas escolhas erradas.
Fácil é ditar regras.
Difícil é seguí-las. Ter a noção exata de nossas próprias vidas, ao invés de ter noção das vidas dos outros.
Fácil é perguntar o que deseja saber.
Difícil é estar preparado para escutar esta resposta. Ou querer entender a resposta.
Fácil é chorar ou sorrir quando der vontade.
Difícil é sorrir com vontade de chorar ou chorar de rir, de alegria.
Fácil é dar um beijo.
Difícil é entregar a alma. Sinceramente, por inteiro.
Fácil é sair com várias pessoas ao longo da vida.
Difícil é entender que pouquíssimas delas vão te aceitar como você é e te fazer feliz por inteiro.
Fácil é ocupar um lugar na caderneta telefônica.
Difícil é ocupar o coração de alguém. Saber que se é realmente amado.
Fácil é sonhar todas as noites.
Difícil é lutar por um sonho.
Eterno, é tudo aquilo que dura uma fração de segundo,
mas com tamanha intensidade, que se petrifica, e nenhuma força jamais o resgata.


Carlos Drummond de Andrade

sinto-me:

publicado por lenamar31 às 08:51

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Segunda-feira, 22 de Maio de 2006

...

O coração sonhou e deixou-se levar por mundos encantados, historias de mil e uma noites… Seguiu caminhos de luz que o guiaram por emoções doces e ternas…

 

O pensamento inventou lugares de magia onde os sentidos se reflectiam nas paredes vazias das noites escuras…sorrisos e lágrimas foram sentidas no rosto que não via, no olhar que não me via…

 

Mas a dor chegou de mansinho sem se anunciar e estilhaçou minha alma… Desfê-la em mil pedaços que caíram por terra deixando-me tão vazia…tão sem nada que por momentos pensei não mais existir…

 

Olho para os pedacinhos de mim, caídos no chão e choro pelo mal que me fiz a mim mesma…

In Blog da Madalena

sinto-me:

publicado por lenamar31 às 12:21

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Quarta-feira, 17 de Maio de 2006

Sinto a tua falta

sinto-me:

publicado por lenamar31 às 15:53

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Domingo, 14 de Maio de 2006

Mentira


Sempre te disse que odiava a mentira, sempre soubeste que isso era uma das coisas que mais me magoava. Eu pedi-te para nunca me mentires, preferia sofrer com a verdade do que com a mentira ao tentares proteger-me ou ao fazeres o que era melhor para ti. Tu não pensaste que eu iria descobrir, mas infelizmente descobri, descobri que preferiste mentir-me, preferiste enganar.
Tudo o que até hoje foi feito perdeu o valor após eu ter descoberto, tuas palavras passarão a ser meras palavras sem significado para mim, meras palavras nas quais não deposito mais confiança, toda a confiança que tinha em ti foi-se...
Para mim a pessoa que eras simplesmente morreu, foste afogado no teu proprio mar de mentiras e não no mar que eu conheço pois nesse mar morreria toda a beleza se lá pertencesses.
Para mim não és mais que a gota que é desperdiçada num deserto, uma gota que depois a queda não tem mais utilidade, para mim és o grão de areia que tinha em minhas mãos e soprei para fora...

sinto-me:

publicado por lenamar31 às 00:01

link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

Quinta-feira, 11 de Maio de 2006

Anjo Traido

Um anjo traído
na sua torre calada
suas penas caíram
sua chama foi apagada

No topo da torre
o anjo foi confinado
com sua espada marcada
pelo sangue dos seus odiados

Asas molhadas
o anjo não pode voar
depois de tanto chorar
ele é incapaz de sonhar

O anjo da mágoa
só sabe sofrer
na torre de lágrimas
ele não sabe o que fazer

Sem uma das asas
ele não pode se libertar
porque você não me abraça
e vamos juntos voar?

 

sinto-me:

publicado por lenamar31 às 12:05

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Segunda-feira, 8 de Maio de 2006

Afoguei-me em Ti....

 
Eu nunca soube nadar 
até ao momento que te conheci
foi como aprender a nadar nos teus olhos
com a tua alma
para me manter a flutuar na tua profundeza...
cada vez que te olhava
eu nadava em ti.
Chegou o dia
em que deixaste-me só,
a tua alma largou-me
nunca mais soube nadar,
tentava ganhar fôlego...
perdia a resistência
a cada minuto afundava-me mais...em ti.
E na aflição
no esbracejar...
não me consegui salvar da tua ressaca,
arrastaste-me,
longe
ainda mais distante,
fundo 
ainda mais profundo,
até eu não conseguir ver
quase nada á superfície.
Consigo perceber que é o sol
a brilhar trémulamente,
com os meus olhos como na neblina
tudo é silhueta imperceptível,
distância incalculável,
afoguei-me completamente...em ti.
sinto-me:

publicado por lenamar31 às 11:02

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Vou ser feliz!

De hoje em diante todos os dias ao acordar, direi: "hoje eu vou ser feliz!"
Vou lembrar de agradecer ao sol pelo seu calor e luminosidade, sentirei que estou vivendo, respirando.
Posso desfrutar de todos os recursos da natureza gratuitamente.
Não preciso comprar o canto dos pássaros, nem o murmúrio das ondas do mar.
Lembrarei de sentir a beleza das árvores e das flores.
Vou sorrir mais... vou cultivar amizades e neutralizar as inimizades.
Não vou julgar os actos dos meus semelhantes ou companheiros. Vou aprimorar os meus.
Lembrarei de ligar para alguém para dizer que estou com saudades!
Reservarei minutos de silêncio, para ter a oportunidade de ouvir.
Não vou lamentar nem amargar as injustiças.
Vou pensar no que posso fazer para diminuir seus efeitos.
Terei sempre em mente que um minuto passado, não volta mais, vou viver todos os minutos proveitosamente.
Não vou sofrer por antecipação prevendo futuros incertos , nem com atraso, lembrando de coisas sobre as quais não tenho mais ação.
Não vou pensar no que não tenho e que gostaria de ter, mas em como posso ser feliz com o que possuo.
E o maior bem que possuo é a própria vida.
Vou fazer alguma coisa para alguém, sem esperar nada em troca, apenas pelo prazer de ver alguém sorrir.
Vou procurar dar um pouco de alegria para alguém, especialmente quando sentir que a tristeza e o desânimo querem se aproximar. e quando a noite chegar, vou olhar o céu, para as estrelas e para o luar e agradecer porque hoje eu fui feliz!

sinto-me:

publicado por lenamar31 às 10:27

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Sexta-feira, 5 de Maio de 2006

...

Pois é a menina fez aninhos ontem e alguém me fez a surpresa de me enviar um ramo de rosas lindo e estas sao algumas das pertencentes ao ramo .....Obrigada amigo

sinto-me:

publicado por lenamar31 às 13:13

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Sinceridade

Eu era um doce anjo, 

minhas asas cobriam o sol 

e eu nem sabia o que havia 

no mundo, pois ele era facilmente

coberto por mim, mas miúdo para

 receber-me. 

Um dia incumbiram-me

 de descer à Terra e nela habitar

 como um terráqueo e assim fui,

 perdi meus poderes e me tornei um

 mortal. 

Gerações de renascimentos

 me fizeram chegar a uma estranha

 vida que me fez recordar os céus.

 Mas...sim...mas, um dia eu

 reconheci um outro anjo que nunca

 havia visto em todas as minhas

 outras gerações.

No início resolvi

 não encará-lo, mas depois, ao

 chegar cada vez mais perto de seu

 coração me vi diante de algo que

 me fez ferver e pela primeira vez

 senti o sabor da vida terrena com o

 sublime frescor angelical. 

Sim, me

 vi novamente um anjo e aquele ser

 me veio na sua forma mais

 angelical e eu nunca mais pude

 deixar de sonhar com nossos voos.

 Sonhei muito, confesso. 

Tanto que

 me foi impossível negar o quanto

 eu amava aquele anjo. 

Hoje, não

 mais posso tocar este anjo, pois

 anjos não tem sexo e por isto só

 podem se beijar. 

Triste sina é esta

 de ser um anjo em corpo de

 homem. 

Mas, sei que em algum

 lugar existirá algo que nos tornará

 capazes de conciliar nossa

 angelical humanidade, mesmo que

 para isto precisemos abdicar de

 nossos desejos mais secretos, pois

 não nos foi dado algo  que não

 pudéssemos resolver.

Marco Menezes

sinto-me:

publicado por lenamar31 às 10:50

link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 2 de Maio de 2006

Ter Amigos

Um texto enviado pela minha amiga Filipa para colocar aqui no  Blog, obrigada amiga.
"Ter Amigos"
 
Os amigos são riqueza;
A maior que há no mundo!
Quando perdemos algum
Temos desgosto profundo.
 
Um amigo é um irmão
Que sempre nos acompanha.
Não deixes de avaliar
Esta fortuna tamanha!
 
Quem na vida tem amigos,
Nunca sózinho se sente
Seja pobre ou seja rico,
Esteja são ou doente.
 
Obrigada por fazeres parte da minha "fortuna", adoro-te amiga.
 
sinto-me:

publicado por lenamar31 às 09:36

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
24
25
26
27

28
29
30


.Fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds